domingo, 3 de julho de 2011

Não passo de uma criança. ... Dá, pois, ao Teu servo coração compreensivo para julgar a Teu povo. I Reis 3:7 e 9.

     A linguagem usada por Salomão quando em oração a Deus diante do antigo altar de Gibeom, revela sua humildade e forte desejo de honrar a Deus. Ele sentia que sem o divino auxílio para desincumbir-se das responsabilidades impendentes sobre si, estaria tão ao desamparo como uma criancinha. Sabia que lhe faltava discernimento, e foi o senso de sua grande necessidade que o levou a buscar de Deus sabedoria. Em seu coração não havia aspiração egoísta de conhecimento para que se pudesse exaltar sobre outros. Ele desejava desempenhar fielmente os deveres que lhe foram impostos, e escolheu o dom que seria o meio de levar seu reino a glorificar a Deus. Salomão nunca foi tão rico ou tão sábio ou tão verdadeiramente grande como quando confessou: "Não passo de uma criança, não sei como conduzir-me". I Reis 3:7.
     Os que ocupam hoje posições de responsabilidade devem procurar aprender a lição ensinada pela oração de Salomão. Quanto mais alta a posição que um homem ocupa, quanto maior a responsabilidade que tem de levar, mais ampla será a influência que exerce e maior sua necessidade de dependência de Deus. Deve lembrar-se sempre que com o chamado para o trabalho, vem o chamado para andar circunspectamente perante seus companheiros. Deve ele permanecer ante Deus na atitude de um discípulo. A posição não dá santidade de caráter. É por honrar a Deus e obedecer a Seus mandamentos que o homem se torna verdadeiramente grande. Far-nos-ia bem estudar cuidadosamente a oração de Salomão, e considerar cada um dos pontos dos quais dependia receber ele as ricas bênçãos que o Senhor estava disposto a lhe conceder. ...
    Deus aprovou a oração de Salomão. E Ele ainda hoje ouvirá e aprovará a oração dos que, com fé e humildade, a Ele clamarem pedindo auxílio. Por certo atenderá à fervorosa oração em que a pessoa pede um preparo para o serviço. Em resposta Ele dirá: Eis-Me aqui. Que queres que faça por ti? ... Aquele que dirigiu a mente de Salomão ao fazer essa oração, hoje ensinará Seus servos a orar pedindo aquilo que necessitam.

Amarildo martins, site mensageirorp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário