segunda-feira, 18 de abril de 2011

ESSA TERRA





       Escrito em primeira pessoa, com discurso indireto livre e narrador onisciente, é um livro obscuro; não por inaniçao de criatividade, mas pelo tema que aborda. Pela obscuridade do sertão nordestino e pela dureza da terra que amarga até as esperanças "Minha terra não tem palmeiras. Tem suco de mata-pasto. Veneno da melhor qualidade."
      São vários os temas abordados em ESSA TERRA: Em principio o êxodo rural; a fuga da enxada, da instabilidade familiar, do misticismo e da miséria para o suposto eldorado, a cidade. Depois a frustração, a descoberta de que seus tesouros não são para todos, mas para poucos, de que nos centros urbanos família numerosa não traz a mesma vantagem do sertão: muitos braços para lavoura, mas sim maiores dificuldades, são mais barrigas para alimentar, escolas para manter e roupas para providenciar. depois as mazelas até então desconhecidas pelo sertanejo, como a prostituição e o vício.
    O livro também trata da questão da mulher numa sociedade eminentemente machista, na qual ser mulher parece o pecado que deve ser corrigido com muita opressão, discriminação e exclusão."eu queria ter nascido homem._ e brincando perguntei: para quê? para pegar no cabo de enxada? Então ela falou uma coisa que ate hoje me fez pensar:_por isso, não. tem tanta mulher pegando na enxada. eu queria ser homem para poder mandar no meu destino. ir para onde onde bem entendesse, sem ter que dar satisfação a ninguém. "Filha, não me fale em filhas"_eu queria tanto só ter tido filho homem. (...) maldita pela própria natureza. cinco filhas, cinco mulheres, cinco vezes azarada...
   Em síntese, existe uma certa simetria entre Vidas Secas e Essa Terra, não só por ambas obras discretamente trazerem a questao da mulher para o centro das discussões, ainda que em diferentes aspectos . Mas também dentre outros fatores, pelo interesse em direcionar as atenções para o nordeste brasileiro; castigado pela seca e principalmente pelo descaso das autoridades competentes, que não oferecem nada além da opressão.
Sem mais delongas, afirmo que existem outros pontos a serem mencionados, porém, os pormenores ficam por sua conta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário