quinta-feira, 21 de abril de 2011

As muitas águas da vida por vezes trazem correntes tão fortes que acreditamos estar tudo perdido, e é exatamente nesses momentos que bate àquela vontade de desistir, abrir mão de tudo: Sonhos, fé, esperança, confiança, pessoas, em fim, é nessas horas que nos interpelamos o porquê de nossa existência e desejamos nunca ter nascido. Mas é exatamente nesses momentos que precisamos crer que "Deus não é homem para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa; por ventura, diria Ele e não o faria? ou falaria e não confirmaria? (Nm 23,19) Precisamos crer que nossos sonhos são promessas de Deus para nossas vidas, por tanto é impossível não se materializar. Pois o decreto real do Rei da glória é irrevogável, e precisamos buscar no mais íntimo do nosso ser a força renovadora, capaz de vencer a multidão que tenta nos impedir de alcançar a virtude de Deus, e gritar bem alto, para o mundo inteiro ouvir: NÃO VOU DESISTIR!

Nenhum comentário:

Postar um comentário