sábado, 7 de abril de 2012

O Outro Lado do Entretenimento



Geralmente, uma pessoa preocupada em demasiado com determinado assunto acaba por ficar tensa e até mesmo com a mente bloqueada para novas ideias ou inspirações.
Ou seja, se a pessoa não conseguir tranquilizar a própria mente, aí sim que existirá um verdadeiro colapso dentro de si.
Música, televisão, shows, games, internet, redes sociais, Filmes, futebol...
Estes são alguns dos recursos usados como forma de entreter a mente.
Recursos que costumam atrair a atenção de muita gente e que aparentam ser tão inofensivos.

Alguém diria: "O que que tem? Não há nada de mais nisso, só estou me divertindo um pouquinho."

Tudo que é necessário na vida de uma pessoa exige atenção, dedicação e investimento para dar certo.
Se a saúde, a carreira profissional, a família ou o casamento, dependem muito de comprometimento e entrega para irem bem.
O cuidado com a nossa comunhão com Deus e nossa salvação deve ser ainda muito maior.

A palavra "entretenimento" significa "tirar a atenção".
E é aí que mora o perigo.

Enquanto a mente da pessoa está distraída, o tempo parece passar bem mais rápido que o de costume.
As obrigações importantes deixam de ser realizadas 
e acaba se trocando o útil pelo fútil.

Deixam de passar um tempo maior com a família, não conversam com o cônjuge, esquecem-se de estudar, não conseguem ter ânimo para orar ou mesmo para meditar na Palavra de Deus.
São pessoas que ainda não aprenderam que na vida existem prioridades.

O triste mesmo, é que com tudo isto, estão esquecendo é de viver e principalmente de PENSAR.
Os problemas ainda estão ali (se é que já não tornaram ainda maiores), o tempo está passando e nada ainda está resolvido.

Enquanto tudo parece estar sob controle, há comodismo, há procrastinação.
Mas quando a pessoa se dá conta que a "coisa" se tornou séria, ela então decide fazer alguma coisa. Muitas vezes, é tarde demais.

É claro que certas coisas podem esperar, mas deixar o que é prioridade para depois, é e sempre será um erro fatal.

Pr. Rubens Ennes
Read more: http://www.sentidounico.org/2012/04/o-outro-lado-do-entretenimento.html#ixzz1rOb8We20

Nenhum comentário:

Postar um comentário