sexta-feira, 2 de setembro de 2011

PEDOFILIA












vamos orar a Deus pelas nossas crianças, pedir que as proteja desse monstro chamado pedofilia e, é claro, fazer a nossa parte: Vigiar, cuidar e prevenir. Os dias são maus, já não é tempo de depositar confiança em terceiros, a grande maioria das crianças violadas são vitmas não apenas da pedofilia, mas principalmente do descuido ou descrença de seus responsaveis que com pequenas atitudes poderiam evitar tamanha desgraça. Salvo as situaçoes realmente imprevisiveis, como o abuso num ambiente escolar em que o ocorrido só seria identificado mediante sinais da criança.


É lindo ver pessoas tão empenhadas ao combate contra essa violência física e psicológica como o senador magno malta e tantos outros, que na sinceridade do coração, O Leão da tribo de Judá os guarde, prolongue seus dias e os dê a vitória. Só não devemos esquecer que a luta não é só deles, é nossa. E o fato de não ter filhos, primos, sobrinhos ou irmãos não nos isenta da responsabilidade de zelar pelos que dependem integralmente do nosso bom senso, daquilo que pode haver de melhor no ser humano: o amor. Então, que seja feito o que for necessário para eliminar essa praga que tem atingido tantos inocentes. Claro que a origem de todo mal é espiritual, essa é uma certeza que faço questão de expor. Porém, o homem tem liberdade para decidir se vai ou não praticar determinado ato ou permanecer na pratica do mesmo, por tanto, faço minhas as palavras do senador: nada justifica a pedofilia!

É obrigação nossa lutar de todas as formas que estiverem ao nosso alcance. Abraçar de fato essa causa, pois se todos se comprometessem acredito que muitos dos novos casos que surgem a cada dia seriam reduzidos de maneira gradativa. A impressão que se tem é a de que as pessoas estão dormindo ou estão cegas, surdas e mudas. Por que dizem que o poder emana do povo, mas por que o povo não se manifesta e exige penas mais severas para os pedófilos? por que o povo não se manifesta em prol da queda de certas cláusulas pétrias em favor dos que não podem se defender? Eu afirmo que a solução é Jesus e creio de fato. Mas se os agressores não podem, por que não querem parar de violar a inocência de nossas crianças; então que sejam encarcerados em prisões perpétuas! Que sejam duramente punidos com a exclusão definitiva do convívio social. Só não defendo a pena de morte para esses tais por que a vida pertence a Deus e só a Ele cabe a hora de encerra-la, no mais: Justiça! Precisamos inibir essas "sombras" que geralmente se escondem na figura de um individuo admirável. Mas se não for possível, não devemos nos frustrar. Por que o homem é falho e sujeito a suborno,porém Deus vinga o indefeso e quem poderá fugir das Suas Mãos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário